segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Oficina de grafite

Quem ministrou a oficina foi o Jotapê, do Núcleo Urbanóide. O artista é um dos mais requisitados daqui e o trabalho dele é muito bom. Fizemos um tour pela cidade baixa para ver alguns trabalhos de artistas super conhecidos também, não me lembro os nomes, mas vou tentar descobrir. Tem que ter muito treino e muita técnica, não é somente apertar no spray e sair grafitando, o negócio é difícil mesmo.

O curso foi num beco, num muro de uma casa abandonada (acho eu). Não consegui fazer muito mais do que bolinhas e quadradinhos, mas mesmo assim, valeu a pena!
Abaixo seguem algumas fotos:






Trabalho do Jotapê

O Jotapê
Nosso muro
Vale a pena ver o resto: Oficina de Grafite

5 comentários:

Thalita Medeiros disse...

eu quero pintar um muro, oi 8D

Rodrigo disse...

Sinceramente não sou fã de grafite, mas é bem melhor ver um do que aquelas pichações que estragam nossas paredes e monumentos.

um abraço!

Priscila disse...

Sua maloqueirinha! hahahaha
Beijo, bailarin dos dedos pintados.

jotapê. Pax disse...

ahh que massa
foi um sábado tri bom.
obrigado pelas fotos!!

Julia disse...

Que legal Mari!!!
Quando eu crescer eu tb vou querer fazer uma aula de grafite!
Amei!!!