terça-feira, 26 de maio de 2009

O professor de botânica

Para quem procura uma leitura rápida e daquelas que não te deixa largar, tenho uma ótima sugestão. É esse livrinho cuja capa está aí do lado, da Não Editora. Essa história tem seu mistério e simplesmente se agarrou em mim, não consegui largar o livro até terminar de ler. “Uma narrativa curta, intensa e cristalina. Diz a que veio. E veio para ficar”.


Alguns trechos simpáticos desse livro:

“Sempre existe a possibilidade de que algo novo seja percebido por um olho bem treinado”.

“Uma ignorância coletiva não diminui o peso da ignorância individual”.

5 comentários:

Thalita Medeiros disse...

tem cara de ser bom. Gostei da segunda frase ^^

Rodrigo disse...

Fiquei curioso quanto ao livro. Ainda mais que o autor é daqui de Porto Alegre. E a Thalita tem razão: essa segunda frase tem seu peso!

Mari Lopes disse...

Poise gente, vale a pena ler. Tem varios trechos do livro que te fazer parar para pensar. Bem bom.
Me contem depois se vcs lerem.

Nina Boni disse...

Quanto o Rosp te pagou para fazer esse post? hehehehhehe

Sei que o livro é bom, pena que nao consegui comprar.

beijos

dri disse...

Sugiro a revisão da grafia dos nomes científicos das plantas citadas para uma próxima edição.