quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Pinguim (já vamos nos acostumando a não usar o trema)

Ganhei um pinguim hoje! A coisa mais fofa, a Mari Abreu se lembrou da minha história e me deu um bichinho de pelúcia. Bom, para quem não conhece a famosa história do pinguim, vamos lá... Há alguns anos atrás, fui com a Gabi (uma amiga mutcho loca) para a Pinheira, ali do lado da Guarda do Embaú. Fomos nós e mais uma galerinha para a casa de uma amiga dela na beira da praia. Bebemos algumas de noite e a Gabi resolveu tomar um banho de mar às duas horas da manhã. Não pensei duas vezes, vou junto cuidar dessa tchê loca, porque era capaz dela se afogar. Muito engraçado, uma bêbada cuidando da outra. Enquanto ela entrava no mar, me sentei na areia e ali fiquei até sentir uma presença do meu lado: um lindo e gordinho pinguim. Simplesmente não pensei, peguei o bicho e levei pra casa. A galera não teve noção, acabaram com todo o gelo que tínhamos jogando no pobre animal. Mas ele começou a se irritar e a querer morder todos que chegavam perto. Levei o pinguim de volta para a praia e pobrezinho correu feito louco para o mar. As consequências foram: mordidas de pinguim no braço, fim do gelo da casa e uma boa história...

3 comentários:

Priscila disse...

HAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHHAHAHHAHAHAHAHAHHAHAHAHA MARIANA LOPES!!! Eu não acredito!!!! Olha, tu ganhou de mim longe. Tenho uma história de uma tartaruga quando eu estava bebum. Mas essa do pinguim é SENSACIONAL!!!

Mari Abreu disse...

uahauahauh tive que dar o Capitão (pinguim do Madagascar 2) pra Mari... sempre que vejo um pinguim lembro dessa história... Essa semana sai, bebi um pouquinho e antes de ir pra casa fui no Mc. olhei pro lado e vi um lindo e gordinho pinguim... uahauahauh

Mari Lopes disse...

Pri, conta a história da tartaruga!!
Mari, muito obrigada pelo Capitão!