quinta-feira, 14 de maio de 2009

LEVÍSREVERRI

Me deu um frio na barriga antes de iniciar esse post. É difícil encontrar as palavras certas para escrever o que senti após assistir esse filme. Esperei anos depois seu lançamento, pois sabia que veria cenas fortes, mas nunca pensei que seria o filme mais marcante. Não tinha nada de interessante na Net e estava começando Irreversível. Ainda pensei: depois que os olhos veem, não tem como apagar da mente tão cedo.

O filme começou com uma violência esquisita, nojenta, mas curiosa de certa forma. A câmera nervosa e confusa, junto com uma trilha sonora quase enlouquecedora. O filme começa no final e termina no começo. Intrigante, chocante e bem feito.

Mas digo uma coisa, não recomendo para ninguém. Por melhor que sejam os atores, o diretor, a filmagem, as críticas, a vida não é nada fácil, a gente não precisa ver essas coisas ruins. Mesmo sabendo que é só um filme, não é uma ficção. Sabemos que isso já aconteceu e acontece ainda com muitas mulheres.

Eu sei que estou bem atrasada, que esse filme não é novo, mas não podia deixar de escrever.

6 comentários:

Thalita Medeiros disse...

agora eu quero ver! atrii 8D

ReD disse...

Alem de me deixar curioso , me fez perder a vontade de ver. Isso não tem graça

Rodrigo disse...

Com licença, meu nome é Rodrigo e eu sou um viciado (hehe, em blog, claro!)

Achei que o primeiro post que eu leria aqui fosse me decepcionar. Mas (ainda bem) errei.

Mas convenhamos: Meio de maio, filme, começa com violência esquisita...Pensei: tá falando no Anjos e Demônios, que há tanto espero assistir, depois que li (devorei).

Susto á parte, gostei do teu blog, (votei) e pretendo me fazer presente "entreatos"...

um abraço guria!

Caceres disse...

Essa sua "não recomendação" parece mais aproximar a gente do filme do que distanciar. Vou atrás dele.

Gabi disse...

Bah, fiquei com muita curiosidade!!!
Vou assistir certo, mesmo tu não recomendando!
Beijo

Thalita Medeiros disse...

Obrigada! Já tô louca pra começar :D tô muito empolgada ;p